Notícias

Dia Mundial da Lavagem das Mãos: Higiene das mãos para todos

 

 

No dia 15 de outubro de 2020 comemora-se o Dia Mundial da Lavagem das Mãos, promovido pela Parceria Global Público-privada para a lavagem das mãos (Global Handwashing Partnership), sob o lema "Higiene das Mãos para todos".

A atual situação de pandemia pela COVID-19 demonstrou de forma evidente o papel crucial que a higiene das mãos desempenha na prevenção da transmissão de doenças, sendo o momento propício para fazer desta ação um pilar nas intervenções de saúde pública e criar uma cultura de higiene das mãos na sociedade.

 

Dia Lavagem Maos

 

 

  • Higiene das mãos e o seu impacto na prevenção da COVID-19 e outras doenças

A lavagem das mãos regularmente, com água e sabão:

 

  • Permite inativar o vírus SARS-CoV-2, através da destruição da sua membrana externa pela ação do sabão;
  • Reduz a probabilidade de infeção por COVID-19 em 36%;
  • Reduz as doenças diarreicas em 30% a 48%;
  • Reduz as infeções respiratórias agudas em 20%;
  • Reduz a transmissão de peptógenos relacionados a surtos, como cólera, ébola, shigelose, SARS e hepatite E;
  • Protege contra infeções associadas à saúde;
  • Contribui para reduzir as doenças tropicais negligenciadas.

 

  • Higiene das mãos para todos, requer:

 

1.

Melhorar o acesso da população às instalações de lavagem das mãos, com água e sabão e, meios para a secagem higiénica das mãos: as instalações de lavagens das mãos devem estar adequadamente localizadas em lugares públicos, e de fácil utilização pela comunidade.

  • Instalações de lavagem das mãos: Pias ou outros recipientes com torneiras instalados em pontos fixos, com água corrente.

 

  • Meios de higienização: sabonete líquido e papel toalha.

 

  • Localização das instalações de lavagem das mãos nos locais públicos: durante a pandemia de COVID-19, a OMS recomenda que as instalações de lavagem das mãos sejam montadas em todos os lugares de frequência comum de pessoas, como por exemplo:

 

- À entrada de todos os edifícios comerciais públicos e privados, facilitando a sua utilização pela população à entrada e à saída dos mesmos;

- Nos principais centros de transporte (como paragens de autocarros, Hiaces e outras viaturas de transporte coletivo de passageiros, aeroportos e portos marítimos);

- Nas igrejas e locais de culto;

- Nos hospitais e centros de saúde;

- Nas escolas e jardins de infância;

- Lares de idosos e locais de emergência infantil.

2.

Melhorar o comportamento: para aumentar a eficácia da higiene das mãos de forma globalizada, o passo nº 1 precisa ser complementado com ações que promovem a mudança de comportamento a nível individual e social, tornando a lavagem das mãos num hábito, a longo prazo. Para estimular este hábito, podem ser feitas algumas ações como:

  • Sinalizar o ambiente de lavagem das mãos;

 

  • Colocar instruções de lavagem correta das mãos, junto às instalações de lavagem das mãos;

 

  • Colocar brinquedos em sabões, criando um ambiente mais divertido para as crianças que estimula a lavagem das mãos pelas mesmas;

 

  • Promover sensibilizações sobre a importância da higienização correta das mãos, nos momentos-chaves.

 

Cuide de si, lave as suas mãos!

Copyright © 2020 ERIS - Entidade Reguladora Independente da Saúde. Todos os direitos reservados.
Joomla! software livre. Licença GNU GPL.