Notifique:
Reações adversas ou problemas relacionados com medicamentos, incluindo as vacinas
Fabrico e Importação
de produtos para combater a COVID-19
Laboratórios Clínicos Privados
autorizados a realizar testes - SARS-CoV-2
Modelos
de Plano de Contingência para estabelecimentos alimentares
previous arrow
next arrow
Slider

Tire suas dúvidas sobre o Uso Racional de Medicamentos:

Para usar corretamente os medicamentos, deve-se consultar um profissional de saúde, comprar medicamentos apenas nas farmácias e postos de venda de medicamentos autorizados, verificar o prazo de validade e o estado de conservação, ler o folheto informativo, seguir as orientações do médico e/ou farmacêutico e, ainda, manter os medicamentos na embalagem de origem, seguindo as instruções de conservação.

Ocorre quando há alguma influência na ação de um medicamento. Os medicamentos podem ver o seu efeito alterado caso interajam com outro medicamento, alimento, bebidas alcoólicas, e plantas medicinais, como os chás.

O Uso Racional do Medicamento (URM) indica que o utente está a utilizar o medicamento correto e de origem conhecida, de acordo com a orientação médica e farmacêutica, nos horários e quantidades especificadas no folheto informativo.

A avaliação do estado de saúde serve para: identificar a doença, indicar o medicamento mais apropriado e a dose correta, fornecendo informações sobre a quantidade, o horário e a frequência em que o medicamento deve ser tomado.

As indicações sobre o número de vezes e a quantidade de medicamento a ser utilizada a cada dia determinadas pelo médico/farmacêutico constituem aspetos importantes para assegurar que terá proveito dos benefícios do medicamento, seja no alívio dos sintomas ou mesmo no tratamento de uma doença.

São três categorias de interações: Interação medicamento-medicamento, interação medicamento-alimento e interação medicamento-planta.

Os riscos dependem da situação, podem ser intoxicações ou até mesmo a não produção de efeitos, além disso, o abandono do tratamento antes do final, poderá criar resistência ao tratamento da doença como acontece no caso dos antibióticos, em que os microrganismos responsáveis pela doença criam defesas tornando-se mais resistentes, impossibilitando a cura da doença.