A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) emitiu um alerta sobre a suspensão da comercialização e retirada do mercado de medicamentos contendo ranitidina.

Direcionada aos operadores económicos do setor farmacêutico e profissionais de saúde, esta publicação de segurança vem na sequência da Deliberação nº 05/2021, publicada no Boletim oficial, II Série, nº 93, de 14 de junho, na qual a ERIS determinou a suspensão da comercialização de medicamentos contendo ranitidina e a sua retirada do mercado. Assim, o Alerta nº 103/ERIS-CA/2021, comunica que:

  • As entidades que possuam o medicamento em stock, não o podem vender, dispensar ou administrar, devendo proceder a sua devolução;
  • Os medicamentos devem ser retirados do mercado no prazo de 30 dias a contar da data de notificação de suspensão de comercialização e retirada do mercado, nos termos da Deliberação do Conselho de Administração da ERIS nº 05/2021, de 14 de junho;
  • Os doentes que estejam a utilizar o medicamento devem, logo que possível, consultar o médico para que lhes seja prescrito um medicamento alternativo.

De referir que existem alternativas terapêuticas a este medicamento no mercado nacional, pelo que não se coloca o risco de desabastecimento.

A ERIS continuará a acompanhar e a divulgar toda a informação de segurança sobre este assunto.

 

 

 


Aceda ao Alerta publicado:

 

 


Documento relacionado: