A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) realizou no dia 07 de junho de 2022, o Webinar “Alimentos seguros, melhor saúde”.

webinar enquadrou-se nas celebrações do Dia Mundial da Segurança Sanitária dos Alimentos (DMSSA) e teve o objetivo de promover a partilha de experiências da ERIS e das entidades parceiras no quadro do controlo oficial dos alimentos, designadamente no que concerne ao controlo de pragas.

Durante a abertura do evento, o Presidente do Conselho de Administração da ERIS, Eduardo Tavares, asseverou que “o lema sob o qual se comemora a celebração do Dia Mundial da Segurança Sanitária dos Alimentos este ano é, sem dúvida, motivo de exultação e de reflexão para todos nós, porquanto, a disponibilidade de alimentos seguros é de capital importância para a saúde e bem-estar das pessoas.”

No “Painel I - Segurança sanitária dos alimentos e saúde pública”, a representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Cabo Verde, Edith Pereira, apresentou o tema “Se não é seguro, não é alimento”, realçando a importância da segurança sanitária dos alimentos e o seu impacto na saúde pública. Ainda, a representante da Direção Geral de Agricultura, Silvicultura e Pecuária (DGASP/MAA), Carla Tavares, apresentou o tema “Impacto das pragas na segurança dos alimentos”, destacando os desafios nacionais no que concerne ao controlo de pragas agrícolas.

O painel também contou com oradoras internacionais, da Direção Geral de Agricultura e Veterinária (DGAV) e da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), ambas de Portugal. A apresentação do tema “Implementação dos pré-requisitos de higiene - experiência da DGAV” ficou a cargo da representante da DGAV, Maria Manuel Mendes. Já o tema “Controlo oficial no setor alimentar” foi proferido pelas representantes da ASAE, Rita Carvalheiro e Sofia Mil-Homens.

No “Painel II – Apresentação do Manual”, o Diretor da Direção de Regulação Alimentar (DRA) da ERIS, Edson Cabral dos Santos, expôs o documento reforçando se tratar de um instrumento de apoio para os operadores económicos do setor alimentar, que visa facilitar a elaboração e implementação de Planos de Controlo de Pragas nos estabelecimentos alimentares.

Refira-se que o webinar também contou com uma sessão de “Perguntas e Respostas” e os participantes puderam colocar as suas questões e clarificar as suas dúvidas diretamente com os oradores.

Durante o encerramento, a Administradora Executiva da ERIS, Patrícia Miranda Alfama, lançou o repto para que todos os intervenientes do setor alimentar possam apoiar a prevenção, deteção e gestão dos riscos transmitidos por alimentos, informando que a ERIS pretende continuar a assumir o seu papel nessa responsabilidade partilhada.

Siga-nos