A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) realizou ações de fiscalização dirigidas às unidades turísticas e pontos de entrada internacionais, sediadas na ilha do Sal.

Realizadas no âmbito da sua competência de supervisão do setor alimentar, as ações inspetivas decorreram nos estabelecimentos de restauração alocados em unidades de alojamento turístico, afim de verificar o cumprimento das normas legais de segurança sanitária dos alimentos e, em paralelo, os estabelecimentos alimentares alocados no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral.

As ações decorreram de 25 a 29 de abril de 2022, com a colaboração do Instituto do Turismo de Cabo Verde (ITCV), da Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Aérea (ASA), da Delegacia de Saúde do Sal, da Câmara Municipal do Sal, da Inspeção Geral das Atividades Económicas (IGAE) e da Polícia Nacional.

  

AÇÕES DE INSPEÇÃO:

No total foram efetuadas 10 ações de inspeção, sendo 02 estabelecimentos de restauração alocados no Aeroporto Amílcar Cabral, e 08 estabelecimentos da área de restauração situados em alojamentos turísticos.

Como resultado e com o apoio da Câmara Municipal do Sal, foram apreendidos géneros alimentícios em 02 estabelecimentos, devido à expiração do prazo de validade. Ainda, foram elaborados 10 Autos de Medidas Corretivas, nos quais foram elencadas as medidas imediatas a serem implementadas pelos estabelecimentos, com a intenção de corrigir as situações verificadas, no geral, relacionadas com à falta de higiene, deficiente arrumação e organização dos estabelecimentos, equipamentos e utensílios. A ausência de meios de higienização das mãos nos locais de manipulação de géneros alimentícios e conservação de alimentos a temperaturas inadequadas foram outras não-conformidades detetadas.

Siga-nos