No âmbito da sua competência de supervisão do setor alimentar, a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) realizou de 13 a 20 de junho de 2022, ações de fiscalização em unidades turísticas e pontos de entrada na ilha da Boa Vista.

As ações foram realizadas em colaboração com a Câmara Municipal da Boa Vista (CMBV), a Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Aérea (ASA) e a Polícia Nacional, com foco nos estabelecimentos de restauração alocados em unidades de alojamento turístico, bem como os alocados no Aeroporto Internacional Aristides Pereira, tendo em vista verificar a aplicação das normas legais de segurança sanitária dos alimentos.

  

AÇÕES DE INSPEÇÃO:

Durante a missão foram efetuadas 15 ações de inspeção em estabelecimentos de restauração, dos quais 8 estão instalados em unidades de alojamento turístico, 5 instalados no Aeroporto Internacional Aristides Pereira e 2 na cidade de Sal Rei.

Como resultado, foram elaborados 13 Autos de Medidas Corretivas, elencando as medidas imediatas a serem implementadas pelos estabelecimentos, com a intenção de corrigir as situações verificadas, referentes às condições de higiene, ao estado de conservação e organização dos espaços, à presença de pragas, dentre outras não-conformidades detetadas. Ainda, no decorrer das ações de inspeção foram realizadas suspensões da atividade a 3 estabelecimentos de restauração.

Foram apreendidos produtos diversos em 1 estabelecimento, conforme Auto de Apreensão emitido.

De referir que a ERIS também efetuou 1 visita técnica em uma unidade de produção artesanal de alimentos, designadamente, à Queijaria Comunitária de Bofareira.