O projeto BERC-Luso (Biomedical Ethics and Regulatory Capacity Building Partnership for Portuguese-Speaking African Countries) divulga newsletters mensais com notícias de interesse geral no âmbito do projeto.

Na edição n.º 48, referente ao mês de setembro de 2022, a publicação fala sobre a visita que a coordenação do Berc-Luso realizou em Moçambique, entre os dias 31 de agosto a 03 de setembro de 2022, no âmbito do Work Package 4 – De rete ou Networking. 

A publicação relata ainda que, durante a missão foram efetuadas várias visitas técnicas e de cortesia a algumas entidades nacionais nomeadamente à Faculdade de Medicina da Universidade Eduardo Mondlane, ao Ministério da Saúde, ao Instituto Nacional de Saúde (INS), ao Centro de Investigação em Saúde da Polana Caniço (CISPOC), dentre outros.

Ainda, foi realizada uma conferência aberta ao público sobre “A importância da investigação biomédica em Moçambique”, que decorreu na Aula Magna da Faculdade de Medicina da Universidade Eduardo Mondlane, onde contou com a participação de 50 profissionais representantes de instituições ligadas ao Ministério da Saúde, assim como profissionais das mais variadas áreas das ciências da saúde, ciências sociais e outras.

Refira-se que o BERC-Luso é um projeto de Ética e Reforço da Capacitação Regulamentar nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), aprovado e financiado pelo Programa EDCTP2 (Parceria entre a Europa e os Países em Desenvolvimento para a Realização de Ensaios Clínicos), com o apoio da União Europeia e co-financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), e tem o objetivo de desenvolver e fortalecer os sistemas nacionais de regulação de medicamentos e as capacidades para a revisão ética da investigação clínica, estando a ser executado desde outubro de 2018.


CONFIRA:

Siga-nos