A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) emitiu uma circular informativa sobre a reposição do stock da vacina contra a febre amarela.

A publicação está enquadrada no âmbito da gestão de situações excecionais de rutura de medicamentos de uso humano.

De acordo com a publicação, no âmbito das suas competências, a ERIS recebeu uma denúncia referente à rutura do stock nacional da vacina contra a febre amarela, tendo efetuado a investigação da rutura junto do Programa Alargado de Vacinação (PAV) do Ministério da Saúde (MS), órgão que faz a gestão do Programa Nacional de Vacinação (PNV), confirmou-se que o medicamento esteve em rutura, mas que, na presente data, o stock foi reposto e que a vacina está sendo disponibilizada às estruturas de saúde do país. 

Assim, através da Circular Informativa n.º 009/ERIS-CA/2024, a ERIS apresenta recomendações para o PAV, as estruturas e profissionais de saúde, quanto às medidas de prevenção de situações semelhantes, bem como de mitigação do impacto.

A ERIS mantém-se ao dispor para adicionais informações e ou eventuais esclarecimentos.

 

 


CONFIRA:

 


DOCUMENTO RELACIONADO:

Siga-nos